Cabo Verde

Cristina Duarte agradeceu apoio do Presidente cabo-verdiano à candidatura ao BAD

Cristina Duarte, ministra cabo-verdiana das finanças
Cristina Duarte, ministra cabo-verdiana das finanças Emerging markets

 A ministra das finanças cabo-verdiana, Cristina Duarte, agradeceu o apoio do Presidente da República à sua candidatura ao Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e revelou que a candidatura à presidência do BAD custou ao Estado 5.148 contos.

Publicidade

Depois o encontro com o Presidente da República a candidata de Cabo Verde à presidência do Banco Africano de Desenvolvimento, a ministra das Finanças e do Planeamento, Cristina Duarte, garantiu que a campanha da sua candidatura ao BAD custou ao Estado de Cabo Verde 5.148 contos e não 30 mil contos, como tem fora avançado.

Cristina Duarte disse que apesar de ter perdido as eleições, a sua candidatura valeu a pena por ter servido para difundir Cabo Verde e acredita que à semelhança de alguns países, o arquipélago pode aspirar a um pan-africanismo renovado.

O uso de erário público na campanha de Cristina Duarte à presidência do BAD tem sido objecto de polémica; a ministra das Finanças já prometeu que vai prestar contas ao Parlamento sobre os gastos da sua campanha. Mais pormenores com o nosso correspondente em Cabo Verde, Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde, Odair Santos

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI