Acesso ao principal conteúdo
Sudão do Sul

Sudão do Sul à beira de nova guerra aberta

Riek Machar em Abril de 2014.
Riek Machar em Abril de 2014. AFP Photo:UNMISS/Isaac Alebe Avoro
Texto por: Liliana Henriques
9 min

Os rebeldes do Sudão do Sul acusaram o exército governamental de ter atacado ontem uma das suas posições em Bentiu, no norte do país, e ameaçaram com eventuais represálias, num contexto em que se teme um novo conflito civil aberto. No passado fim-de-semana, ao acusar o Presidente Salva Kiir de nada fazer a favor da paz, o antigo vice-presidente e líder rebelde Riek Machar apelou os seus apoiantes a retomar as armas contra o regime de Juba que qualifica de "fascista".

Publicidade

Alguns meses depois de uma frágil trégua concluída em 2015 sob a égide da comunidade internacional, uma trégua que nunca chegou a ser respeitada por nenhuma das partes, o conflito alastrou para boa parte do país. Além das dezenas de milhares de vítimas mortais e dos cerca de 2,5 milhões de deslocados provocados por este conflito que dura desde o início da década, adensa-se o caos no país para onde a ONU decidiu recentemente enviar 4 mil capacetes azuis suplementares, fazendo-os ascender ao número de 17 mil no terreno. Até agora, contudo, esta decisão não foi seguida de efeito.

A nível interno, para além das rivalidades étnicas que são exploradas neste conflito, aparecem também fissuras dentro de cada campo. No campo dos rebeldes, Riek Machar enfrenta os apoiantes do processo de paz, nomeadamente o seu antigo aliado Taban Deng Gai que participa no executivo de Salva Kiir. Neste contexto, ao referir que os próprios líderes do país ganham com o conflito, citando os resultados de uma investigação de "The Sentry", ONG do actor e activista americano George Clooney, o Padre José Vieira que viveu largos anos em Juba, considera por outro lado que é difícil por enquanto saber se o apelo à guerra de Machar vai ser de facto seguido.

Padre José Vieira, antigo director de uma rádio católica no Sudão do Sul

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.