África

Gâmbia em eleições sem comunicações para fora do país

REUTERS/ Thierry Gouegnon

Os gambianos são esta quinta-feira chamados às urnas para eleger a escolha de um Presidente. Em 22 anos no poder é a primeira vez que o Presidente Yahya Jammeh enfrenta uma oposição unida.

Publicidade

Entre as 8h00 e as 17h00, cerca de 880.000 gambianos vão escolher entre Yahya Jammeh, Adama Barrow, o principal candidato da oposição e Mama Kandeh, antigo deputado que criou um novo partido para este escrutínio.

Os três candidatos têm 51 anos e nasceram em 1965, ano da independência da antiga colónia britânica do oeste africano.

O actual Presidente foi eleito pela primeira vez em 1996 e foi reeleito três vezes consecutivas. Yayhya Jammeh afirmou que "não existe a possibilidade de haver registo de fraude eleitoral" e que, depois do escrutínio, não haverá tolerância para contestar os resultados nas ruas.

Na oposição, Adama Barrow afirmou ter "100% de certeza da vitória e com uma ampla vantagem" e advertiu o governo contra uma eventual fraude.

Nas últimas duas semanas, a campanha ficou marcada por manifestações pacíficas nas ruas de Banjul. Desde ontem e pela primeira vez, todas as ligações à internet e telefónicas para o estrangeiro foram cortadas sem qualquer justificação por parte das autoridades.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI