Costa do Marfim

Costa do Marfim: Maioria presidencial venceu legislativas

O presidente marfinense Alassane Ouattara. 18 de Dezembro de 2016.
O presidente marfinense Alassane Ouattara. 18 de Dezembro de 2016. Sia KAMBOU / AFP

A coligação que apoia o presidente Alassane Ouattara obteve 167 dos 254 assentos parlamentares nas eleições legislativas de 18 de Dezembro. Os resultados foram anunciados na terça-feira pela Comissão Eleitoral Independente.

Publicidade

Na terça-feira, o presidente da Comissão Eleitoral Independente, Issouf Bakayoko, indicou: “Os resultados do escrutínio são os seguintes: RDHP [coligação no poder] obteve 167 assentos; Independentes - 75; UDPCI – 6; UPCI – 3; FPI [antigo partido do antigo presidente Laurent Gbagbo] – 3. A taxa de participação foi de 34,10%”.

A assembleia marfinense vai contar com 225 homens e 29 mulheres.

Estas legislativas foram as primeiras eleições após a adopção de uma nova Constituição em Outubro, uma iniciativa do presidente Alassane Ouattara, reeleito um ano antes para um segundo mandato.

A coligação presidencial visava a maioria absoluta apesar de várias candidaturas dissidentes.

Vai, ainda, ser feito um novo voto numa circunscripção no oeste do país, onde empataram dois candidatos, para atribuir o 255° assento na assembleia.

O actual primeiro-ministro marfinense Daniel Cablan Duncan, que se candidatou pela primeira vez, foi eleito na sua circunscripção de Grand-Bassam.

Também o presidente da Assembleia Nacional, o ex-chefe da rebelião Guillaume Soro, o ministro do Interior Hamed Bakayoko e o secretário-geral da presidência Amadou Gon Coulibaly foram reeleitos nos seus bastiões no norte do país, com resultados a oscilar entre os 98% e os 100%.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI