Guiné Bissau

Guiné Bissau "candidata" ao troféu do CAN2017

Baciro Candé, selecionador do nacional de futebol da Guiné Bissau, que quer brilhar no CAN2017
Baciro Candé, selecionador do nacional de futebol da Guiné Bissau, que quer brilhar no CAN2017 RFI/Sébastien Bonijol

A Guiné Bissau vai estar, pela primeira vez, no CAN2017, campeonato de futebol das nações africanas, que começa a 14 de janeiro, no Gabão, país anfitrião, com as suas duas equipas a abrir, aliás, o maior evento futebolístico africano.

Publicidade

Os "Djurtos", como são conhecidos a equipa nacional de futebol da Guiné Bissau, vão participar, pela primeira vez, no CAN, o campeonato das nações africanas, que começa já no dia 14 de janeiro, no Gabão, país anfitrião, deste maior evento africano do desporto rei.

Os rapazes de Baciro Candé, selecionador da equipa nacional da Guiné Bissau, estão convictos de que têm condições de brilhar neste CAN2017, ganhar o troféu e fazer o povo guineense sonhar.

É o próprio selecionador Baciro Candé que declarou à imprensa que ele e sua equipa querem sonhar e ir o mais longe possível, neste CAN2017, a decorrer de janeiro a fevereiro, no Gabão:

"Deixem-nos sonhar. A Guiné Bissau tem que ter um sonho muito alto e vamos fazer tudo para dignificar a nossa bandeira", sublinha Baciro Candé.

Baciro Candé, selecionador do nacional de futebol da Guiné Bissau

Galvanizado, também, Sami, avançado da selecção de futebol da Guiné Bissau, lançou aos jornalistas:

"Acho que somos candidatos. Depois daquilo que fizemos na qualificação (...) não há dúvidas em relação a isso.

"Dizer que vamos ficar em primeiro, segundo, terceiro, quarto [no CAN2017] isto ninguém sabe; mas de certeza que vamos entrar em todos os jogos para dar o melhor e soar a camisola como sempre fazemos", sublinhou Sami no encontro com jornalistas, nomeadamente, o nosso correspondente, em Bissau, Mussá Baldé.

Sami, avançado da selecção de futebol da Guiné Bissau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI