Acesso ao principal conteúdo
Mali

2 mortos num ataque jihadista em Bamaco

Bamaco em Maio de 2016.
Bamaco em Maio de 2016. Thomas Imo/Photothek via Getty
Texto por: Liliana Henriques
2 min

Duas pessoas morreram num ataque perpetrado contra o estabelecimento “Kangaba”, um ecolodge de luxo muito frequentado por estrangeiros nas imediações de Bamaco, a capital. De acordo com as autoridades malianas, o ataque é da autoria de combatentes jihadistas.

Publicidade

Neste que foi o primeiro ataque anti-ocidental desde 2016 na capital maliana, as forças especiais malianas apoiadas por militares franceses da operação Barkane, assim como pela missão da ONU local, intervieram e conseguiram resgatar cerca de 20 reféns, cuja nacionalidade não foi especificada

Segundo as autoridades, uma das duas vítimas mortais é uma franco-gabonesa, a outra vitima estando ainda a ser identificada. Testemunhas afirmam que os assaltantes gritaram “Allah é grande”.

De referir que o último ataque deste género ocorrido em Bamaco em Março de 2016 contra uma unidade hoteleira onde estava albergada uma missão de peritos militares da União Europeia ficou marcada pela morte do assaltante. O Mali está em Estado de emergência está em vigor no país há mais de 18 meses.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.