Acesso ao principal conteúdo
Senegal / Eleições

Senegal : Poder do Presidente poderá sair reforçado

Contagem dos votos, em Dakar, depois da eleição lesgislativa, a 30 de Julho de 2017
Contagem dos votos, em Dakar, depois da eleição lesgislativa, a 30 de Julho de 2017 Guillaume Thibault/RFI
Texto por: RFI
2 min

A coligação conduzida pelo partido do Presidente Macky Sall parece ter ganho as eleições legislativas deste Domingo, num escrutínio que servia de teste para o chefe de Estado senegalês, chegado ao poder há apenas 18 meses. Mas os resultados oficiais só serão proclamados na próxima Quarta ou Quinta - feira. 

Publicidade

Mais de 6,2 milhões de votantes foram chamados às urnas, no Senegal e na diáspora. O escruíinio ficou marcado por um número "record" de listas - 47 - e foi perturbado por dificuldades de organização e pelo mau tempo.

A taxa de participação rondou os 54%, uma percentagem que aumentou desde a eleição presidencial de 2012, mas que revela - mesmo assim - uma grande abstenção.

"A maioria presidencial venceu o escrutínio, impondo-se em todos as provincias, excepto três", anunciou o P.M. Mahammed Abdallah Dionne.  

Mas a coligação dirigida pelo Presidente da Câmara de Dakar, Khalifa Sall, na prisão desde Março, por desvio de fundos públicos, contesta a vitória da maioria presidencial, e reivindica a vitória na capital. "A nossa vitória em Dakar é incontestável, e clara como o Sol ao  meio- dia", declarou Cheikh GUEYE.  "Nós não aceitaremos este roubo eleitoral", acrescentou.

Por seu turno, em Mbacké, foi a coligação dirigida pelo antigo Presidente  Abdoulaye Wade, que venceu o escrutínio, segundo informação divulgada pela agência de imprensa senegalesa APS.

Um responsável da Comissão Eleitoral Nacional Autónoma afirmou à Agência noticiosa France Presse que os resultados globais só serão tornados públicos na Quarta, ou Quinta - feira de manhã. Mas, para já, duas coligações parecem impôr-se, além da coligação presidencial:  a do antigo Presidente Abdlulaye Wade, e a de Khalifa Sall, Presidente da Câmara de Dakar.

Ambos são cabeça de lista, a nível nacional, e serão eleitos deputados, quase de certeza.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.