Acesso ao principal conteúdo
Zimbabué

Zimbabué: Robert Mugabe abandonado pelo seu partido

O president Robert Mugabe (esquerda) e a sua mulher Grace Mugabe (direita) foram destituídos dos seus cargos no partido Zanu-PF.
O president Robert Mugabe (esquerda) e a sua mulher Grace Mugabe (direita) foram destituídos dos seus cargos no partido Zanu-PF. REUTERS/Philimon Bulawayo
Texto por: Marco Martins
2 min

O partido no poder no Zimbabué, Zanu-PF, anunciou neste domingo que apresentará ao Parlamento um processo de destituição do presidente Robert Mugabe se este não renunciar até segunda-feira ao cargo de Presidente da República.

Publicidade

Robert Mugabe foi destituído do seu cargo de presidente do Zanu-PF, e substituído pelo ex-vice-presidente Emmerson Mnangagwa, que foi também nomeado candidato para as eleições presidenciais previstas em 2018.

Além disso, a primeira-dama do Zimbabué, Grace Mugabe, foi destituída do seu cargo à frente da estrutura feminina do Zanu-PF e expulsa do partido.

Ainda neste domingo Robert Mugabe deve reunir-se com os militares que assumiram o poder no país e colocaram o presidente em prisão domiciliária. O objectivo dos militares é igualmente que o presidente apresente a sua demissão.

O partido político, Zanu-PF, que foi até agora um aliado fiel de Robert Mugabe, de 93 anos, mudou de estratégia desde que o exército tomou o poder.

Isto acontece um dia depois de milhares de manifestantes terem saído às ruas de Harare para pedir que o presidente Robert Mugabe, cada vez mais abandonado pelos seus aliados, deixe o poder, numa mobilização apoiada pelo próprio exército.

Estas manifestações contra Robert Mugabe, que começaram de forma pacífica na manhã de sábado, encerraram uma semana de crise política sem precedentes no Zimbabué, onde as Forças Armadas assumiram o poder no país e colocaram em prisão domiciliária o chefe de Estado no poder desde 1980.

Ouça a Crónica sobre o Zimbabué.

Crónica de Marco Martins

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.