Acesso ao principal conteúdo
Angola

Jovens manifestam contra propinas no ensino superior em Angola

Jovens manifestam contra propinas no ensino superior em Angola
Jovens manifestam contra propinas no ensino superior em Angola DR/Movimento estudantil
Texto por: RFI
3 min

Jovens estudantes e activistas dos direitos humanos desceram às ruas da capital Luanda mas também nas restantes 17 províncias de Angola protestando contra a intenção do executivo cobrar proprinas no ensino superior a partir de 2020. Uma pretensão considerada inoportuna pelos jovens devido à crise económica reinante nas famílias angolanas. 

Publicidade

Centenas de jovens manifestaram hoje em Luanda mas também noutras províncias de Angola, contra a intenção do governo passar a cobrar propinas no ensino superior, a partir de 2020.

Luanda, é uma das províncias, que realizou a manifestação e que contou com o apoio de organizações de direitos humanos e encarregados de educação. 

Os jovens consideram inoportuna intenção do executivo do Presidente angolano, João Lourenço, tendo em conta a actual crise económica e financeira no pais, que afecta as condições económicas das famílias angolanas.

A Universidade pública, com o pagamento das propinas, pretende fazer face à sua crise financeira e melhorar a sua organização e qualidade do ensino superior que enfrenta muitas debilidades por falta de recursos. 

De notar que Angola registou ultimamente manifestações diversas sobre a criação de autarquias no país, mas também sobre o desemprego no seio dos corpos da polícia e dos militares.

De Luanda, o nosso correspondente, Avelino Miguel. 

Avelino Miguel, correspondente, em Luanda

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.