Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

Guiné-Bissau: Tensão ao rubro entre Jomav e CEDEAO

Áudio 12:32
José Mário Vaz, presidente da Guiné-Bissau
José Mário Vaz, presidente da Guiné-Bissau SEYLLOU / AFP
Por: Marco Martins
16 min

O nosso programa "Semana em África" tem como principal destaque a crise política na Guiné-Bissau. O primeiro-ministro Faustino Imbali - nomeado pelo Presidente cessante da Guiné-Bissau, mas rejeitado pela maioria da comunidade internacional - demitiu-se do cargo.

Publicidade

Em carta dirigida a José Mário Vaz, Faustino Imbali disse ter tomado a decisão de se demitir para permitir ao Presidente guineense ter uma oportunidade "de reformular a história política" do país e não permitir que forças estrangeiras "desestabilizem" a nação guineense.

O chefe de Estado guineense, José Mário Vaz, preferiu concentrar-se na campanha eleitoral, ele que é candidato à sua sucessão. José Mário Vaz afirmou que por pouco a polícia e os militares não se envolveram numa guerra, tudo por causa da sua ordem no sentido de tirar do palácio do Governo a equipa do primeiro-ministro, Aristides Gomes, apoiado pela comunidade internacional. O relato de Bissau com Mussá Baldé, o nosso correspondente.

Passamos ao resto da actualidade na África Lusófona,

Em Moçambique,

Foi detido em Gaza, no sul, o comandante do Grupo de Operações Especiais da Polícia. Tudelo Guirrugo é indiciado no envolvimento no assassínio do activista social, académico e também observador eleitoral Anastácio Matavel. O acto ocorreu nas vésperas das eleições gerais do mês passado como nos relata Orfeu Lisboa, em Maputo.

Em Moçambique,

O MDM, terceira força do país, exige que a Procuradoria Geral da República e o Conselho Constitucional investiguem o envolvimento da Frelimo, o partido no poder, no escândalo das dívidas ocultas como nos relata Orfeu Lisboa, em Maputo.

Em Angola,

Cerca de 70 personalidades foram distinguidas nesta quinta-feira pelo chefe de Estado pelo papel desempenhado na luta pela independência e pela construção do Estado. Constavam dentre elas o activista e jornalista Rafael Marques pelo seu empenho na luta contra a corrupção. Ouçamos as razões enumeradas por João Lourenço para esta recompensa.

Já Rafael Marques afirmou estar honrado pela recompensa e alega continuar a investigar novos supostos casos de corrupção em Angola.

Em São Tomé e Príncipe,

O Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) deve ser implementado em Março de 2020. Em entrevista à RFI, a ministra dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pinto, afirmou que o Governo vai adoptar várias medidas para atenuar o impacto do imposto na vida dos são-tomenses.

Uma nota cultural,

Sobre Cabo Verde,

A morna já teve parecer técnico favorável para ser classificada como Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. A notícia foi avançada, ontem à noite, pelo ministro da Cultura, Abraão Vicente, na sua página pessoal no Facebook. O ministro cabo-verdiano disse que “a decisão será ratificada em dezembro”, na Colômbia, “mas que a nação já pode celebrar" porque - afirmou - a morna já é Património da Humanidade". A decisão pública deverá ser conhecida, em Bogotá, na Colômbia, durante a reunião do Comité do Património Cultural Imaterial da UNESCO. O relato de Cabo Verde com Odair Santos, o nosso correspondente.

Para fechar uma nota desportiva,

A Selecção angolana sub-17 de futebol foi afastada do Mundial que decorre no Brasil após ter sido derrotada nos oitavos-de-final pela congénere da Coreia do Sul por 0-1.

Chegamos ao fim desta Semana em África. Voltamos no próximo sábado.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.