Chile/mineiros

Sonda petrolífera vai escavar terceiro túnel para salvar mineiros

Operação de resgate em curso para salvar os 33 mineiros soterrados.
Operação de resgate em curso para salvar os 33 mineiros soterrados. Reuters

Uma sonda petrolífera que vai cavar uma terceira alternativa de resgate para os mineiros presos no norte do Chile chega nesta quarta-feira a Iquique. A sonda tem capacidade para perfurar até dois mil metros de profundidade.

Publicidade

É a terceira alternativa para salvar os 33 mineiros presos desde 5 de agosto, a 700m de profundidade, na mina San José, no deserto de Atacama. A sonda, operada pela canadense Precision Drilling, pode cavar entre 20m e 40m por dia, dependendo da consistência do solo.

Atualmente já estão em processo de perfuração as opções A e B, cujos túneis alcançaram na terça-feira, respectivamente, 113m e 123m de profundidade, segundo o engenheiro René Aguilar, da equipe de resgate. A sonda do plano B, apelidada de “a milagrosa” pelos familiares dos mineiros, perfurou 123m em apenas dois dias de trabalho, superando a máquina da opção A, que começou a cavar antes. Mas esse desempenho era esperado e não significa um avanço para a data do resgate, fixada para início de novembro, segundo um cenário otimista, ou dezembro, em caso de dificuldades.

Uma equipe da agência espacial norte-americana NASA advertiu que os mineiros da mina San José vão precisar de ajuda para administrar a fama que alcançaram e também para que se ajustem ao cotidiano após o resgate. Os 33 mineiros – 32 chilenos e um boliviano – ficaram soterrados durante 17 dias, até que foram localizados e puderam começar a se comunicar e receber alimentos, remédios e outros produtos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI