Obama/ América Latina

Obama antecipa fim de viagem à América Latina

Presidentes americano e chileno, Mauricio Funes, visitaram ontem a catedral de São Salvador.
Presidentes americano e chileno, Mauricio Funes, visitaram ontem a catedral de São Salvador. ©Reuters.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conclui nesta quarta-feira sua primeira visita à América Latina. Durante cinco dias, o americano passou pelo Brasil, Chile e por El Salvador. Querendo se aproximar dos latino-americanos, Obama manteve a agenda, mesmo se uma coincidência do calendário fez com que a visita acontecesse exatamente nos dias em que a coalizão internacional liderada por americanos, franceses e britânicos passou a atacar a Líbia.

Publicidade

. A imprensa internacional não poupou críticas à ausência de Obama neste momento em que o país se engaja em mais um controverso conflito armado, provocando o antecipado retorno do presidente a Washington - ainda que o avanço seja de apenas duas horas.

Na última etapa da viagem, em El Salvador, Obama prometeu uma reforma completa do sistema de imigração e 200 milhões de dólares para aperfeiçoar a segurança na América Central. O presidente americano voltou a falar do Brasil, e destacou “a ascensão extraordinária” do país.

O passeio turístico que Obama faria com sua família às ruínas maias de San Andrés em El Salvador foi cancelado, após uma conversa telefônica do presidente com a equipe de Segurança Nacional.

Em Santiago, na segunda-feira, Obama havia elogiado o progresso do Chile, e disse que a América Latina “está pronta para assumir um maior papel no mundo”. Ele propôs uma nova era de parcerias entre o hemisfério norte e o sul, e considerou o Chile como um dos países mais bem-sucedidos da América Latina.

O governante americano falou sobre a situação líbia em todos os seus discursos e inclusive citou o Brasil e o Chile como exemplos bem sucedidos de nações que foram da ditadura à democracia. Ele diz que estes países poderiam servir de exemplo aos países do mundo árabe, que estão se rebelando contra ditaduras que já duram décadas.

Com a colaboração de Bruna Sá
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI