Acesso ao principal conteúdo
Eleições/Peru

Favorito da presidencial do Peru se inspira em Lula e não em Chávez

Omalla é o favorito para as presidenciais deste domingo no Peru.
Omalla é o favorito para as presidenciais deste domingo no Peru. © Reuters
1 min

O ex-militar de esquerda, Ollanta Humala, é considerado o candidato com mais chances de vencer a eleição presidencial do Peru neste domingo, diante de diversos opositores sem peso. Ele foi derrotado por Alain Garcia há cinco anos e hoje vai tentar reverter a situação.  

Publicidade

Neste domingo, 20 milhões de peruanos vão às urnas escolher o sucessor do presidente Alain Garcia, de centro-direita. O candidato considerado favorito é Ollanta Humala, ex-militar de esquerda, que declarou que se inspira no sucesso da governança do Brasil por Lula da Silva, e não no modelo venezuelano de Hugo Chávez.

Humala compete com Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori, com o ex-presidente Alejandre Toledo e Pedro Kuczynski, ex-ministro da Economia de Toledo. Apesar de estar deixando o governo com um balanço econômico positivo, o atual chefe de Estado Alain Garcia não conseguiu emplacar um candidato que convencesse.

Crescimento firme

O Peru registrou 8,78% de crescimento em 2010, um dos maiores do mundo, e vive um momento de estabilidade, apesar da sociedade ser desigual em termos de educação, salários e infraestruturas.
Os principais problemas do país são o trabalho informal de 70%, o ensino em estado de abandono e uma pobreza, cuja baixa regular de 34% mascara a miséria das áreas rurais dos Andes, como lembra um recente relatório do Banco Mundial.

Os peruanos também votam para renovar o Congresso.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.