EUA/aviação

Agência de Aviação Civil dos EUA revê regras de trabalho de controladores de voos

As autoridades americanas querem fiscalizar o trabalho dos controladores aéreos.
As autoridades americanas querem fiscalizar o trabalho dos controladores aéreos. DR

Os Estados Unidos, país com o maior tráfego aéreo do mundo, estão revendo as regras que regulam o trabalho dos controladores de voo. Depois de vários casos de funcionários que dormiram em serviço e provocaram incidentes, a Agência de Aviação Civil já anunciou que vai mudar as escalas de turnos. As inspeções começam nesta segunda-feira no país.

Publicidade

Cleide Klock, correspondente da RFI em Nova York

A partir dessa segunda-feira, a Agência de Aviação Civil e a Associação Nacional Americana de Controladores de Tráfego Aéreo realizarão visitas pelos principais aeroportos do país para se reunir com os controladores. As autoridades pretendem ouvir os funcionários sobre as deficiências encontradas no ambiente de trabalho e lembrá-los de que dormir durante o turno não será mais tolerado.

O primeiro aeroporto a ser visitado é o de Atlanta, o mais movimentado do mundo.Desde janeiro, foram reportados pelo menos oito casos de controladores que dormiram durante o serviço.Eles caíram no sono enquanto aviões sobrevoavam a região e aguardavam autorização para pousar. Em alguns casos, as aeronaves aterrissaram sem receber instruções da torre de controle.

A Agência de Aviação já anunciou que irá reorganizar os horários de mais de 15 mil controladores do país. Entre dois turnos de serviço será obrigatório um descanso de nove horas, uma hora a mais do que é hoje. Esta norma também será recomendada para os pilotos. De acordo com as novas regras, dirigentes da Agência deverão estar presentes em todos os turnos e é proibido uma pessoa ficar sozinha na torre de comando.

Os controladores serão submetidos nas próximas semanas a uma prova para verificar se têm preparação adequada. As autoridades federais prevêem também um programa de formação para sensibilizar os funcionários sobre os ricos da fadiga, algo que devem aprender a evitar. O secretário de Transporte, Ray LaHood disse que será aplicada tolerância zero para os funcionários que dormirem no expediente.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI