Cuba/PC

Novo comitê central do PC cubano é mais diverso, mas idades continuam avançadas

Raúl Castro substitui Fidel na liderança do Partido Comunista
Raúl Castro substitui Fidel na liderança do Partido Comunista REUTERS/Desmond Boylan

O novo comitê central cubano, sob comando de Raul Castro tem mais mulheres, negros e mestiços. Mas a faixa etária continua avançada – dos 15 novos dirigentes, apenas três têm menos de 65 anos.

Publicidade

Apesar da aposentadoria oficial de Fidel Castro, a velha guarda do PC cubano permanece no poder. A começar por seu irmão, Raul, que tem 80 anos. Para substitui-lo como segundo secretário do partido, sobe no escalão o médico José Ramón Machado Ventura, também octogenário.

Mas ao apresentar a nova composição do comitê, Raul Castro fez questão de destacar os números da diversidade. Dos 115 integrantes do comitê central, 48 são mulheres. Segundo o líder cubano, “isso equivale a 41,7% e é mais que o triplo da proporção de mulheres em relação à formação anterior”. Quanto aos negros e mestiços, eles são agora 36, aumentando em 10% sua representação. “Foi um primeiro passo”, declarou Raul Castro.

Fidel Castrou deixou oficialmente o posto de chefe do PC cubano na terça-feira, posto que ocupou desde 1965. Ele está afastado do poder desde 2006, por causa de problemas de saúde.
 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI