Acesso ao principal conteúdo
CASO STRAUSS-KHAN/Mídia

Prédio de Strauss-Kahn vira circo mediático

O prédio de Strauss-Kahn virou atração e os turistas não estão perdendo a oportunidade de se fazer fotografar.
O prédio de Strauss-Kahn virou atração e os turistas não estão perdendo a oportunidade de se fazer fotografar. Reuters
Texto por: RFI
2 min

Atrás de qualquer informação sobre o ex-chefe do FMI, dezenas de jornalistas montaram um estúdio ambulante no local. Luzes, câmeras, microfones e toda a parafernália necessária para as transmissões ao vivo estão chocando os moradores, sem falar nas fileiras de carros que deixaram o trânsito infernal. Como se não bastasse, turistas estão se fazendo fotografar em frente ao prédio onde DSK está em prisão domiciliar.

Publicidade

Os moradores do prédio da Broadway onde foi instalado o ex-diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn, estão chocados com o verdadeiro circo mediático montado pela mídia na rua até agora relativamente tranqüila do sul de Manhattan, em Nova York.

Desde a noite de sexta-feira, ao sair ou entrar no prédio, os moradores do 71 Broadway estão tendo que enfrentar dezenas de repórteres e seus microfones.

Atrás de qualquer informação sobre o ex-chefe do FMI, os jornalistas montaram um estúdio ambulante no local. Luzes, câmeras, microfones e toda a parafernália necessária para as transmissões ao vivo estão chocando os moradores, sem falar nas fileiras de carros que deixaram o trânsito infernal.

A Justiça dos EUA não confirmou oficialmente o endereço de Strauss-Kahn, mas quem passa em frente ao prédio da Broadway não tem mais dúvidas de que se trata do anunciado local perto do Marco Zero, no sul de Manhattan, onde DSK está em prisão domiciliar. Turistas estão inclusive se fazendo fotografar em frente ao prédio.

Strauss-Kahn vai ficar alguns dias em um de seus apartamentos, cuja segurança foi reforçada com alarmes e uma rede de câmeras privadas e da polícia. Os familiares e advogados vão procurar um outro local, mais permanente, onde ele poderá aguardar o julgamento.

Caso seja declarado culpado, Strauss-Kahn poderá ser condenado a até 74 anos de prisão. O julgamento será em 6 de junho.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.