Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos

Obama pede investigação sobre morte de jovem negro na Flórida

Protesto pede justiça diante da morte do adolescente Trayvon Martin, nos Estados Unidos.
Protesto pede justiça diante da morte do adolescente Trayvon Martin, nos Estados Unidos. REUTERS/Adrees Latif
Texto por: RFI
2 min

Uma onda de indignação toma conta dos Estados Unidos, após a morte de Trayvon Martin, de 17 anos, em Stanford, na Flórida. Nesta sexta-feira, o presidente norte-americano, Barack Obama, pediu que o crime seja investigado e levantou a questão racial dizendo que se tivesse um filho ele se pareceria com esse jovem.

Publicidade

"Eu acredito que nós devemos fazer um exame de consciência para compreender como tal coisa pode ter acontecido e isso passa por um exame das leis e do contexto", alegou Obama.

O adolescente voltava para casa no dia 26 de fevereiro e foi perseguido e morto por um vigia branco, George Zimmerman, que vazia ronda no bairro e o considerou suspeito. Ele assumiu a responsabilidade do ocorrido, mas até agora não foi detido. O crime foi gravado por câmeras de segurança.

O julgamento do caso deve acontecer no dia 10 de abril. Na quinta-feira, o chefe da polícia de Standford pediu afastamento do cargo, no mesmo dia uma manifestação reuniu mais de 20 mil pessoas nas ruas da cidade denunciando o caráter racista do assassinato e pedindo justiça.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.