Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Ambrósio Lukoki: "MPLA deve distanciar-se do impopular Presidente"

Áudio 08:43
VII Congresso Ordinário do MPLA
VII Congresso Ordinário do MPLA TPA
Por: RFI
11 min

No quadro do VII Congresso ordinário do MPLA que decorre até sábado em Luanda e do qual sairá a moção delineando a estratégia do partido para vencer as eleições gerais agendadas para 2017, o histórico do MPLA embaixador Ambrósio Lukoki, convocou a imprensa esta terça-feira (16/08), para explicar o que o levou a retirar-se do comité central do partido no poder há 41 anos, orgão que segundo ele se limita a aprovar decisões impostas e não acata as contribuições críticas, como tem sido o seu caso.Ambrósio Lukoki, que chegou a ser uma das figuras apontadas para suceder ao presidente Agostinho Neto, do qual foi ministro da Educação, já em 2008 tinha levantado a questão da necessária sucessão do Presidente José Eduardo dos Santos que desta vez criticou severamente, afirmando que este utiliza a presidência do MPLA como "um trampolim para o seu absolutismo, aconselha o MPLA a rever-se ideologicamente e dissociar-se da impopularidade do Presidente para reconquistar o eleitorado"."Angola não precisa de dirigentes postiços, o país precisa de ética" afirmou o embaixador nesta conferência de imprensa, ignorada pela TPA e RNA  e à qual apenas assistiu o jornalista José Rodrigues director de informação da estação Luanda Antena Comercial - LAC, que gentilmente nos cedeu este registo sonoro 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.