ANGOLA

Cabinda: Chefe das Forças Armadas inspecciona unidades militares

Geraldo Sachipengo Nunda, Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas angolanas.
Geraldo Sachipengo Nunda, Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas angolanas. www.rna.ao

O Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas angolanas, Geraldo Sachipengo Nunda, efectuou uma curta visita de inspecção às principais unidades militares da Província de Cabinda, depois dos recentes comunicados do Movimento Independentista da FLEC/FAC, sobre as suas acções de guerrilha na região.

Publicidade

O general das Forças Armadas Angolanas desmentiu a FLEC/FAC e considerou a situação político-militar em Cabinda de "calma e sem registo de acções de guerrilha independentista".

Entretanto, organizações de direitos humanos e personalidades da sociedade civil na região, denunciam, frequentemente, o reforço de tropas em todas as localidades da Província e o registo de acções isoladas de guerrilha no interior do enclave rico em petróleo. A violação dos direitos humanos e a crescente degradação das condições sociais das populações preocupa  igualmente os activistas de direitos humanos.

Miguel Nzau Puna, deputado do partido no poder, o MPLA, em visita à região também manifestou o seu desagrado em relação ao fraco desenvolvimento da mesma. 

Num comunicado publicado a 29 de Setembro, a FLEC/FAC revelava que tinham havido confrontos a 23 de Setembro, altura em que morreram cerca de 18 soldados angolanos.

Em baixo, confira a crónica do nosso correspondente em Angola, Avelino Miguel.

Crónica do nosso correspondente em Angola, Avelino Miguel

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI