Acesso ao principal conteúdo
Angola

João Lourenço, o sucessor

João Lourenço e José Eduardo dos Santos no final da reunião do Comité Central do MPLA. 03/02/2017
João Lourenço e José Eduardo dos Santos no final da reunião do Comité Central do MPLA. 03/02/2017 Ampe ROGERIO / AFP
Texto por: RFI
4 min

O general na reforma, João Lourenço, foi oficialmente designado esta sexta-feira como o sucessor de José Eduardo dos Santos nas eleições presidenciais que terão lugar no próximo mês de Agosto, em Angola. Recorde-se que a 2 de Dezembro de 2016 o Comité Central do MPLA aprovou por unanimidade estas nomeações, bem como o nome de Fernando da Piedade dias dos Santos para presidente da Assembleia Nacional.

Publicidade

A notícia foi hoje confirmada pelo chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, durante o Comité Central do MPLA, partido no poder. João Manuel Gonçalves Lourenço será o cabeça de lista do partido às eleições gerais de 2017, Bornito de Sousa, candidato a vice-presidente e segundo fontes contactadas pela agência de notícias de Lusa, José Eduardo dos Santos figuraria em terceiro lugar. No total serão eleitos 355 candidatos a deputados, efectivos e suplentes.

Recorde-se que a 2 de Dezembro de 2016 o Comité Central do MPLA aprovou por unanimidade estas nomeações, bem como o nome de Fernando da Piedade dias dos Santos para presidente da Assembleia Nacional.

Percurso de João Lourenço no MPLA

Desde 1970 que o percurso do agora general na reforma, João Lourenço, testemunha a lealdade com o partido que lidera o país desde a independência. João Lourenço integra a luta pela libertação de Angola em 1974, após a queda da ditadura em Portugal e junta-se aos combatentes do MPLA.

Em 1984 torna-se governador da província de Moxico e começa a sua ascensão dentro do partido. Inicialmente como chefe da direcção política do antigo braço armado das Forças Armadas Populares de Libertação de Angola e mais tarde, entre 2008 e 2014, torna-se secretário-geral do MPLA e primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional, entre outros.

Depois de uma travessia no deserto, em 2015 o Presidente José Eduardo dos Santos recupera o militar na reforma e nomeia o general João Lourenço ministro da Defesa.

Biografia

João Lourenço nasce a 5 de março de 1954, na cidade de Lobito, província de Benguela. Entre 1978 e 1982 forma-se militar e em ciências históricas na antiga União Soviética, país que formou durante a guerra fria jovens quadros da descolonização em Africa.
O actual ministro da Defesa e militar na reserva tem como passatempo o futebol, kataré, xadrez e equitação, gosto pela leitura e para além do português fala russo e espanhol.

João Lourenço é casado com Ana Dias Lourenço, 59 anos economista e membro do Comité Central do MPLA, que esta terça-feira retomou o cargo deputada cujo mandato tinha sido suspenso durante as funções que assumiu como directora executiva e membro do conselho de administração do Banco Mundial.

Pai de quatro filhos, sendo que uma delas, Cristina Giovanna Dias Lourenço, é Directora geral-Adjunta da Unidade Técnica de Acompanhamento de projectos de Financiamento Externo, no seio do ministério das Finanças angolano.  

Constituição de 2010
Desde 2010 que a constituição angolana prevê que os dois primeiros nomes da lista do partido vencedor das eleições assumam automaticamente as funções de presidente e vice-presidente da República.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.