Futebol

Beto Bianchi deixa Palancas Negras

Selecção Angolana. Imagem de Ilustração.
Selecção Angolana. Imagem de Ilustração. JOE KLAMAR / AFP

O treinador hispano-brasileiro Beto Bianchi acaba de deixar a selecção angolana de futebol, isto oito meses depois de ter assumido o cargo. Os Palancas Negras encontram-se numa nova crise.

Publicidade

De Março a Novembro, este foi o reinado do técnico hispano-brasileiro Beto Bianchi à frente da selecção angolana.

O balanço até pode ser considerado positivo. Beto Bianchi arrecadou quatro vitórias, quatro empates e apenas sofreu duas derrotas.

Angola venceu três encontros relativos ao CHAN: frente às Ilhas Maurícias (0-1 e 3-2) e frente a Madagáscar (1-0), e um jogo relativo ao COSAFA: frente às Ilhas Maurícias (0-1).

Os quatro empates foram frente à África do Sul, à Tanzânia, ao Malawi e a Madagáscar.

Quanto às derrotas, uma foi um amigável frente a Moçambique (2-0) e o segundo foi o único jogo oficial para a CAF de apuramento para o próximo CAN 2019, uma derrota por 3-1 frente ao Burkina Faso do técnico português Paulo Duarte.

Recorde-se que Angola se apurou para a fase final do CHAN, que vai decorrer em Marrocos de 12 de Janeiro a 4 de Fevereiro 2018.

Beto Bianchi, o Petro em primeiro

Beto Bianchi, de 50 anos, vai agora concentrar-se inteiramente no seu cargo de treinador do Petro de Luanda. A equipa de Luanda, sob o comando técnico do hispano-brasileiro, chegou ao segundo lugar do ‘Girabola’ em 2016 e 2017, e venceu a Taça de Angola em 2017.

Na final da Taça derrotou o 1.º de Agosto, campeão angolano, por 2-1 e arrecadou a 11.ª taça da sua história. Foi o primeiro título em Angola para Beto Bianchi.

Por fim de recordar as palavras de Beto Bianchi quando chegou ao comando técnico dos Palancas Negras: "Pretendo colocar Angola no lugar em que merece, não na situação actual", disse em Março. Agora deixa a selecção na mesma situação para poder dedicar-se por completo ao Petro de Luanda.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI