Acesso ao principal conteúdo

A semana em que Moçambique se despediu de Dhlakama

Áudio 08:07
Elementos das Forças de Defesa e segurança de Moçambique escoltam a urna com os restos mortais do presidente da Renamo, Afonso Dhlakama, durante as cerimónias fúnebres na sua aldeia natal, em Mangunde, Moçambique, 10 de Maio
Elementos das Forças de Defesa e segurança de Moçambique escoltam a urna com os restos mortais do presidente da Renamo, Afonso Dhlakama, durante as cerimónias fúnebres na sua aldeia natal, em Mangunde, Moçambique, 10 de Maio Lusa
Por: Liliana Henriques
10 min

Esta semana esteve colocada sob o signo do luto, com a despedida de Moçambique a Afonso Dhlakama, líder da Renamo falecido aos 65 anos de idade no passado 3 de Maio.Também a dominar a actualidade africana esteve Angola cujo antigo Vice-Presidente, Manuel Vicente, viu o seu processo em Portugal por alegado branqueamento de fundos e corrupção ser remetido para a justiça angolana. Mencionadas igualmente estes dias foram as reivindicações salariais dos trabalhadores da Empresa Estatal das Pontes em Angola, assim as reclamações dos funcionários públicos na Guiné-Bissau.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.