Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

Eleição de Umaro Sissoco Embaló e arresto de contas e empresas de Isabel dos Santos dominaram esta semana

Áudio 18:12
Umaro Sissoco Embaló, Presidente eleito da Guiné-Bissau, vitória contestada pelo seu adversário Domingos Simões Pereira
Umaro Sissoco Embaló, Presidente eleito da Guiné-Bissau, vitória contestada pelo seu adversário Domingos Simões Pereira SEYLLOU / AFP

Esta primeira semana de 2020 foi dominada pelo anúncio dos resultados provisórios da segunda volta das eleições presidenciais na Guiné-Bissau, que atribuem a vitória a Umaro Sissoco Embaló, mas que foram impugnados pelo líder do PAIGC Domingos Simões Pereira, mas também pelo arresto por ordem do Ministério Público de Angola de contas bancárias e de 9 empresas detidas por Isabel dos Santos, seu esposo Sindika Dokolo e o seu sócio Mário Leite da Silva, que lesaram o Estado angolano em mais de mil milhões de dólares, os visados negam as acusações e afirmam nem sequer ter sido notificados.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.