Acesso ao principal conteúdo
Artes

Artista angolano Etona inicia exposição itinerante esta sexta-feira

Áudio 07:19
Etona junto de uma das suas obras.
Etona junto de uma das suas obras. © Ministério da Cultura de Angola
Por: Liliana Henriques

A partir desta sexta-feira 31 de Julho, o pintor e escultor angolano Etona, de seu nome completo António Tomás Ana, 59 anos e com obras expostas em vários pontos do mundo, nomeadamente Portugal, Estados Unidos, Japão, Brasil ou ainda Cuba, dá início a uma exposição itinerante de uma semana em cada uma das suas quatro etapas nas imediações da capital angolana.

Publicidade

Cacuaco é a primeira paragem desta digressão que deveria passar igualmente pelos municípios de Viana, Cazenga e Luanda, sendo que em cada estação, o artista pretende levar ao público gratuitamente e ao ar livre peças cujo intuito é despertar e sensibilizar a população sobre a importância da arte e de apoiar a criação.

Ao falar da génese deste projecto envolvendo obras de grandes dimensões esculpidas em madeira de acácia, a primeira de entre elas representando a justiça, Etona que também é secretário-geral da União Nacional dos Artistas Plásticos em Angola, não deixa de expressar criticas quanto ao espaço que se tem dado à arte no seu país.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.