Acesso ao principal conteúdo
Desporto

Andebol Feminino: Isabel Guialo, a capitã de Angola quer conquistar a França

Áudio 12:03
Isabel Guialo, internacional e capitã da selecção angolana.
Isabel Guialo, internacional e capitã da selecção angolana. © AFP - JAVIER SORIANO
Por: Marco Martins
27 min

A temporada 2020/2021 do campeonato francês da primeira divisão de andebol feminina começa nesta quarta-feira 9 de Setembro e vai contar com duas internacionais angolanas: Helena de Sousa na equipa do Saint-Amand Handball Porte du Hainaut e Isabel Guialo no Fleury Loiret Handball.

Publicidade

Recorde-se que a pandemia de Covid-19 acabou por provocar a suspensão e o cancelamento, pouco tempo depois, da época 2019/2020.

Nesta quarta-feira a liga francesa de andebol, a primeira a começar, até antes dos masculinos, arranca com um duelo 100% angolano com o Saint-Amand a receber o Fleury.

A RFI falou com a internacional e capitã da selecção angolana, Isabel Guialo, conhecida por Belinha, que chegou durante o verão ao plantel do Fleury.

A atleta com 30 anos vai ter a sua primeira experiência em França, ela que ganhou várias vezes o campeonato angolano, a liga dos campeões dos clubes africanos, a taça das taças dos clubes africanos, isto sem esquecer dois títulos conquistados com Angola no CAN - Campeonato Africano das Nações.

Isabel Guialo explicou-nos as razões que a levaram a aceitar este desafio francês, os objectivos que tem para esta temporada, começando por abordar este embate frente à sua colega na selecção, Helena de Sousa.

Desporto 07/09/2020

A capitã da selecção angolana de andebol feminino, Isabel Guialo, que deixou o Primeiro de Agosto para jogar no Fleury Loiret, vai iniciar o campeonato francês de andebol feminino nesta quarta-feira 9 de Setembro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.