Acesso ao principal conteúdo
Angola

João Lourenço: Estado angolano lesado em mais de 24 mil milhões de dólares

O Presidente angolano, João Lourenço. Imagem de arquivo de 4 de Abril de 2019 em Moscovo.
O Presidente angolano, João Lourenço. Imagem de arquivo de 4 de Abril de 2019 em Moscovo. Pavel Golovkin / POOL / AFP
Texto por: Lígia ANJOS
2 min

O Presidente angolano estimou em 24 mil milhões de dólares os prejuízos ao Estado angolano pela política de delapidação do erário nos últimos anos. Valor revelado por João Lourenço numa entrevista concedida, por e-mail, ao diário norte-americano Wall Sreet Journal.

Publicidade

Os processos em investigação pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da República (PGR) indicam que o Estado angolano foi lesado em 23,8 mil milhões de dólares, denunciou o Presidente angolano, João Lourenço, em entrevista ao Wall Street Journal.

Dos 23,8 mil milhões de dólares, "13,52 mil milhões foram retirados ilegalmente através de contratos fraudulentos com a [petrolífera estatal] Sonangol; 5,09 mil milhões saíram das empresas [empresas de gestão pública de comercialização e exploração de diamantes, respectivamente] Sodiam e Endiama; e os restantes 5,19 mil milhões de outros sectores e empresas públicas”, especificou o Presidente angolano.

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos da PGR já solicitou a apreensão ou arresto de bens e dinheiro no valor de cinco mil milhões, quatrocentos e trinta e quatro milhões dólares na Suíça, Holanda, Portugal, Luxemburgo, Chipre, Mónaco e Reino Unido, "mas a lista ainda pode aumentar", garantiu João Lourenço.

Estes valores representam duas vezes mais do que o valor das reservas líquidas em divisas de Angola. Recuperar estes activos é uma prioridade para o governo de João Lourenço, que enfrenta uma dupla crise com a queda dos preços do petróleo e a pandemia do novo coronavírus.

Até ao momento, o valor dos bens móveis e imóveis apreendidos ou arrestados em Angola, como fábricas, supermercados, edifícios, imóveis residenciais, hotéis, participações sociais em instituições financeiras e em empresas rentáveis, material de electricidade e outros activos ascende a 4,2 mil milhões de dólares, anunciou ainda João Lourenço.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.