Angola

Polícia angolana proíbe manifestação de solidariedade com vítimas da Lunda Norte

Em Angola, a polícia angolana impediu este sábado uma manifestação em solidariedade com as vítimas do Cafunfo, Lunda Norte. 13/02/21
Em Angola, a polícia angolana impediu este sábado uma manifestação em solidariedade com as vítimas do Cafunfo, Lunda Norte. 13/02/21 © Francisco Paulo
Texto por: Francisco Paulo
4 min

Em Angola, a polícia angolana impediu este sábado uma manifestação em solidariedade com as vítimas do Cafunfo, Lunda Norte. Jovens pretendiam expressar, na rua, solidariedade às famílias das vitimas do massacre de 30 de Janeiro no Cafunfo.

Publicidade

A Polícia Nacional frustrou este sábado, 13 de Fevereiro, em Luanda, a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas de prevenção e combate à Covid-19.

Os jovens pretendiam expressar, na rua, a sua solidariedade às famílias das vítimas do massacre de 30 de Janeiro no Cafunfo.

António Eduardo, uma das testemunhas que presenciou a acção da polícia, sublinhou que dezenas de jovens foram detidos e levados em local incerto.

O mecânico de profissão mostrou-se surpreso pelo comportamento apresentado pelos agentes que bloquearam todos os lugares de concentração dos jovens que pretendia aderir à manifestação.

“Não nada de mal. Eles não destruíram nada. Nós sabemos que a manifestação foi pacífica e polícia nacional não tem nada que vir prender os jovens”, retorquiu António Eduardo.

Quem também falou do comportamento da polícia foi o engraxador João Pinto, que confirmou à RFI a detenção de dez jovens no momento da tentativa de concentração de alguns manifestantes no Largo do Cemitério de Sant´Ana, em Luanda.

“O que se passou aqui, foi a tentativa de alguns jovens em se manifestar e a polícia prendeu-os. A polícia prendeu todos os jovens que se estavam a manifestar”.

 

Correspondência de Luanda

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI