Futebol

Futebol: Petro de Luanda averba segunda derrota na Liga dos Campeões Africanos

Imagem de Ilustração.
Imagem de Ilustração. © AFP - DIRK WAEM
Texto por: Marco Martins
3 min

O Petro de Luanda perdeu pela segunda vez na Liga dos Campeões africanos, enquanto o 1° de Agosto foi goleado na Taça das Confederações.

Publicidade

As competições africanas de futebol continuam com dois clubes angolanos, o 1° de Agosto e o Petro de Luanda.

Petro de Luanda averbou segunda derrota na Liga dos Campeões africanos

O Petro de Luanda perdeu por 0-1 frente aos marroquinos do Wydad Casablanca, no Estdio 11 de Novembro, na segunda jornada do Grupo C da fase de grupos da Liga dos Campeões. O golo foi apontado por Ayoub El Kaabi.

Recorde-se que na primeira jornada, o Petro de Luanda deslocou-se ao terreno do Horoya da Guiné-Conacri e perdeu por 2-0. Os golos foram apontados por Dramane Nikiema e por Yakouba Barry.

O Wydad e o Horoya lideram com 3 pontos o Grupo C, enquanto o Petro de Luanda ainda não pontuou. Os sul-africanos do Kaizer Chiefs não pontuaram, mas ainda não disputaram nenhum jogo.

De notar que na próxima jornada, a 5 de Março, o Petro de Luanda desloca-se ao terreno dos sul-africanos do Kaizer Chiefs.

1° de Agosto goleado na primeira mão na Taça das Confederações

O 1° de Agosto deveria ter recebido no Estádio 11 de Novembro o Namungo da Tanzânia num jogo a contar para a primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Taça das Confederações da CAF.

No entanto o jogo não decorreu devido a cinco casos positivos na equipa da Tanzânia. O encontro foi adiado.

Os jogos acabaram por ser deslocalizados para a Tanzânia. Na ‘primeira mão’, que decorreu em território tanzaniano, o 1° de Agosto foi goleado por 2-6 pelo Namungo. De notar que seis casos positivos foram identificados na equipa dos militares - o guarda-redes Neblú, os centrais Bobó e Boni, o médio Mário, o avançado Mabululu -, no entanto na Tanzânia isso não impediu a realização do jogo.

A segunda mão decorre a 25 de Fevereiro, novamente na Tanzânia.

Recorde-se que os dois clubes angolanos são os únicos representantes da África Lusófona presentes ainda nas Afrotaças nesta edição 2020/2021.

A Liga dos Campeões Africanos.
A Liga dos Campeões Africanos. © REUTERS - AMR ABDALLAH DALSH

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI