Angola

Director do jornal angolano 'O Crime' investigado por alegado crime de injúria

Jornalista Mariano Brás aquando do seu julgamento por injúria em 2018.
Jornalista Mariano Brás aquando do seu julgamento por injúria em 2018. © RSF

O director do Semanário 'O Crime', Mariano Brás, pode vir a ser julgado por crimes de injúria e difamação ao Presidente da República, João Lourenço.

Publicidade

Segundo os seus próprios relatos, o jornalista foi ouvido na semana passada pelos serviços de investigação criminal, por ter publicado no seu semanário, o balanço anual do desempenho dos políticos, no qual o Presidente João Lourenço foi classificado como sendo o pior político de 2020.

Mariano Brás afirma ter sido alvo de intimidação e ameaças por parte dos investigadores durante o interrogatório. O jornalista que afirma "temer pela vida" e considera ser alvo de perseguição à luz de outras situações em que foi chamado à atenção pelas autoridades, refere que o que lhe consta "é que é mesmo por ordem do Presidente da Repblica” que está a ser investigado.

De referir que já em 2016, Mariano Brás tinha sido constituído arguido por ter divulgado um artigo publicado na página 'Maka Angola', do activista Rafael Marques, em que eram denunciados os negócios do general João Maria de Sousa. O processo por injúria que tinha sido movido contra eles naquela época resultou numa absolvição para ambos.

Relativamente ao presente caso, o Sindicato dos Jornalistas Angolanos já condenou o processo-crime contra o jornalista cuja matéria publicada no seu semanário, se enquadra no exercício da liberdade da imprensa e de opinião.

Entretanto, isto acontece numa altura em que o país iniciou nesta segunda-feira, mais um processo de revisão do pacote legislativo do sector da comunicação social, estando no centro dos debates a descriminalização na moldura penal da actividade jornalística.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI