Basquetebol

Afrobasket: Angola perdeu nos quartos frente ao Senegal

Angola perdeu frente ao Senegal por 74-79.
Angola perdeu frente ao Senegal por 74-79. © Cortesia FIBA

A Selecção angolana foi derrotada pela congénere do Senegal por 74-79 num jogo a contar para os quartos-de-final do Campeonato Africano das Nações de basquetebol - o Afrobasket, que decorrem em Kigali no Ruanda.

Publicidade

Angola, que passou pelo play-off de acesso aos quartos-de-final, defrontava o Senegal que estava apurado directamente para essa fase da prova visto que terminou no primeiro lugar no Grupo D com três vitórias em três jogos.

Os angolanos entraram melhor no encontro e até estiveram na frente no marcador visto que venciam por 22-17 após o primeiro período.

No entanto, o segundo período vai ser muito mais complicado e os senegalesas vão conseguir dar uma impressionante volta ao resultado. O Senegal vencia por 33-44 no intervalo.

A selecção angolana tinha de reagir. No terceiro período os angolanos reduziram o marcador até 55-61.

O encontro ainda não tinha um vencedor definido. AliásAngola vai conseguir empatar o encontro no último minuto do encontro a 74-74. No entanto nos últimos segundos os senegaleses vão conseguir marcar os derradeiros pontos, vencendo por 74-79.

Angola perdeu e está fora da prova. Recorde-se que os angolanos, em 21 participações, venceram por 11 vezes o título de Campeão africano - 1989, 1992, 1993, 1995, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2013.

De notar que Cabo Verde também está nos quartos-de-final no Afrobasket e vai defrontar o Uganda a 2 de Setembro em Kigali no Ruanda.

De referir que os cabo-verdianos participam pela sétima vez na competição e o melhor resultado foi uma medalha de bronze, 3° lugar, em 2007.

Cabo Verde apurou-se para os quartos-de-final do Afrobasket.
Cabo Verde apurou-se para os quartos-de-final do Afrobasket. © Cortesia FIBA

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI