Brasil/ranking

USP registra queda em ranking de melhores universidades do mundo

Faculdade de Engenharia de Minas e de Petróleo da USP . Projeto Arq. Oswaldo Bratke
Faculdade de Engenharia de Minas e de Petróleo da USP . Projeto Arq. Oswaldo Bratke Flickr/ Creative Commons

Depois de dois anos consecutivos entre as 200 melhores universidades do mundo, a USP (Universidade de São Paulo), ficou na posição entre 226 e 250 no ranking da World University Ranking, elaborado pela Times Higher Education (THE). No ano passado, a intituição obteve a 158ª posição.

Publicidade

A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira, é resultado de entrevistas com milhares de acadêmicos em todo o mundo. Além da USP, a UNICAMP (Universidade de Campinas) é a única instituição brasileira a integrar o ranking das 400 melhores universidades do mundo, e ficou no grupo das 301-305 melhores.

No caso da USP, a reputação, um dos itens analisados pelo ranking, foi um aspecto fundamental para explicar a queda, segundo o editor do ranking, Phil Baty.

O desempenho da universidade também foi menor em outros quesitos: entre eles, a obtenção de títulos de doutorado pelos professores, além da proporção entre alunos de doutorado e graduação. Além desses pontos, também são avaliadas a qualidade de ensino, pesquisa e a visibilidade internacional.

O editor do ranking também ressalta a necessidade das universidades brasileiras utilizarem mais o inglês em seus cursos.

Neste ano o Instituto de Tecnologia da Califórnia está no topo do ranking pelo terceiro ano consecutivo, e a Universidade de Harvard e de Oxford, uma das únicas instituições britânicas presentes no ranking, empataram em segundo lugar.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI