Brasil/Indonésia

Brasileiro preso com cocaína será executado domingo na Indonésia

Marco Archer Cardoso Moreira foi condenado à morte em 2004 por tráfico de cocaína.
Marco Archer Cardoso Moreira foi condenado à morte em 2004 por tráfico de cocaína. Reprodução vídeo R7

Apesar dos pedidos de clemência feitos pelo governo, o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira será executado na Indonésia neste domingo (18). A informação foi publicada no jornal australiano “The Morning Herald”. Marco foi condenado por tráfico de cocaína.

Publicidade

O brasileiro, que está isolado em uma cela em Besi, deverá ser executado por um pelotão de fuzilamento. De acordo com o jornal australiano, que conversou com o advogado de Moreira, Utomo Karim, o brasileiro está em estado de choque.

O Itamaraty está acompanhando o caso, mas preferiu não dar detalhes sobre as negociações. Moreira, que é instrutor de asa delta, foi preso em 2004 ao tentar entrar no país com 13 quilos de cocaína. A droga estava escondida dentro do dos tubos do equipamento e foi localizada no Aeroporto Internacional de Jacarta. Ele chegou a fugir, mas foi preso duas semanas depois.

Em entrevista ao jornal, o advogado conta que o governo brasileiro enviou uma carta à Indonésia pedindo a extradição do instrutor de voo, que poderia cumprir pena no Brasil. Mas, segundo a lei do país, é impossível interromper o processo depois da transferência para Besi.

Paranaense também aguarda no corredor da morte

As penas de morte na Indonésia são executadas por um pelotão de fuzilamento. Os condenados podem escolher a posição em que serão mortos.

O endurecimento das leis contra traficantes foi uma promessa de campanha do atual presidente da Indonésia,  Joko Widodo, que assumiu o poder em 2014. Ele prometeu que não teria clemência com os presos por tráfico de drogas. Além de Moreira, o paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte também está detido e aguarda a data de sua execução.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI