CABO VERDE

Cabo Verde: Início da segunda reunião de Amigos do Golfo da Guiné

A segunda reunião anual do grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné decorre na cidade da Praia, em Cabo Verde.
A segunda reunião anual do grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné decorre na cidade da Praia, em Cabo Verde. Par Xandu — Travail personnel, Domaine public, https://commons.w

Na abertura da segunda reunião anual do grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné, o ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, Luís Filipe Tavares, afirmou que Cabo Verde está disponível para acolher o Centro Multinacional de Coordenação Marítima da Zona G. 

Publicidade

Impõe, no entanto, como condição que a CEDEAO e os demais parceiros se comprometam a ajudar o país na operacionalização do centro, disponibilizando apoios técnicos e financeiros.

 

Esta reunião anual do grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné tem por objetivo debater a segurança na sub-região. O encontro é da responsabilidade da Parte Portuguesa que detém atualmente a presidência do Grupo, tendo Cabo Verde aceite ser país anfitrião. 

O Grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné visa a cooperação para assegurar a estabilidade, a segurança marítima e a liberdade de navegação na sub-região africana, assolada pela pirataria marítima.

O grupo do G7 de Amigos do Golfo da Guiné é composto pela Alemanha, Canadá, Estados unidos, Itália, Japão, Reino Unido, França, Bélgica, Brasil (observador), Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, Noruega, Países Baixos, Portugal, Suíça, União Europeia, escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime e Interpol.

Confira em baixo a crónica do nosso correspondente em Cabo Verde, Odair Santos. 

Crónica de Odair Santos, correspondente da RFI em Cabo Verde

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI