Cabo Verde

União Europeia disponibilizou 7 milhões de euros a Cabo Verde

Paisagem da Iha de Santo Antão, que sofreu muitos estragos devido a chuvadas em setembro de 2016
Paisagem da Iha de Santo Antão, que sofreu muitos estragos devido a chuvadas em setembro de 2016 M. Martins

A União europeia desbloqueou uma ajuda de 7 milhões de euros para ajudar a reparar estragos causados por chuvas torrenciais na ilha de S. Antão, em setembro, anunciaram as autoridades caboverdianas.

Publicidade

A União Europeia já disponibilizou a Cabo Verde 7 milhões de euros para ajudar a reparar os estragos em Santo Antão, ilha que foi muito afetada pelas chuvas de setembro último.

Do valor global, cerca 4 milhões de euros vão ser canalizados para a reconstrução de estradas em Santo Antão. Obras que de acordo com o Governo arrancam no inicio do próximo ano.

Para o ministro das finanças, Olavo Correia os 7 milhões de euros são suficientes para a recuperação de Santo Antão, e intervir quer em relação às estradas, quer em relação aos agricultores que perderam parte do seu rendimento.

Olavo Correia garantiu ainda transparência na aplicação do montante disponibilizado.

De terça a quinta-feira, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva vai estar em Santo Antão para se inteirar da situação da ilha pós cheias.

O chefe do Governo que que se faz acompanhar dos ministros da Agricultura e Ambiente e das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação e ainda do embaixador da União Europeia em Cabo Verde vai discutir com os autarcas da ilha as condições para o lançamento do programa de reconstrução de Santo Antão.

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos.

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI