Cabo Verde

Cabo Verde: D. Ildo Fortes "dinheiro não é um fim em si"

D. Ildo Fortes, bispo da Diocese do Mindelo
D. Ildo Fortes, bispo da Diocese do Mindelo Radio Vaticano

Dom Ildo Fortes, bispo da Diocese do Mindelo afirma neste Dia do Trabalhador que à luz do evangelho o "dinheiro não deve ser um fim em si" e apela a relações laborais mais humanizadas.

Publicidade

Dom Ildo Fortes, bispo da Diocese do Mindelo, falou a imprensa, à margem de uma conferência promovida, na ilha de São Vicente, pela Associação de Gestores, Empresários e Profissionais Católicos de Cabo Verde.

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde

D. Ildo Fortes, disse "quando um cristão leva para a vida os valores do evangelho, obviamente tudo o que faz seja no âmbito empresarial, seja no âmbito político, onde quer que seja, terá atitudes humanas e humanizantes...as empresas não existem para dar lucros, o dinheiro não deve ser um fim em si, está mais do que provado que as grandes empresas ou as empresas onde [os trabalhadores] vivem felizes e realizados são aquelas que envolvem as pessoas, aliás todos são chamados a colaborar de uma forma ou de outra no andamento, ou no crescimento da empresa".

Sindicatos

Neste Dia Internacional do Trabalhador, os líderes sindicais dizem que de uma forma geral a lei laboral em Cabo Verde, é respeitada mas queixam-se do que consideram ser o uso excessivo da requisição civil.

Os sindicatos também chamam atenção do executivo para trabalhar no sentido de repor o poder de compra dos trabalhadores.

Por sua vez, o Ministério da Justiça e do Trabalho anunciou hoje através da ministra Janine Lélis, que pretende apresentar ao Conselho de Ministros ainda este mês, para discussão e aprovação, as propostas de dois ante-projectos para cumprir a regulamentação ainda em falta do Código Laboral, pois foram criadas as figuras do "teletrabalho" e as "empresas de trabalho temporário", destinados a dinamizar o sector privado.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI