Cabo Verde

Governo cabo-verdiano ajuda agricultores

Imagem de Ilustração.
Imagem de Ilustração. Peter PARKS / AFP

Governo cria linha de crédito para agricultores e criadores de gado para mitigar os efeitos da seca e do mau ano agrícola.

Publicidade

Após aprovar um plano de emergência de 7 milhões de euros para mitigar os efeitos da seca e do mau ano agrícola, o Governo acaba de criar uma linha de crédito de emergência de 50 mil contos, cerca de 6 mil euros, destinada aos agricultores e criadores de gado.

A grande novidade desta iniciativa é que os beneficiários vão devolver os montantes recebidos sem juros, como adiantou à imprensa o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire.

Os agricultores vão ter um prazo de carência entre três a seis meses, enquanto os criadores de gado é de seis a nove meses.

O governo estima que 17 200 famílias, cerca de 62% das famílias rurais, são directamente afectadas pelo mau ano agrícola.

2017 é considerado "um dos piores anos" em termos de seca, as chuvas não ultrapassaram os 30% das registadas no ano passado, segundo o ministério da Agricultura e Ambiente.

Mais pormenores com o nosso correspondente Odair Santos.

Correspondência de Odair Santos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI