Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Polícia caboverdiana acusada de vários crimes pelo ministério público

Polícia Judiciária caboverdiana em plena investigação
Polícia Judiciária caboverdiana em plena investigação DR/PJ.gov.cv
Texto por: RFI
4 min

Dois agentes da Polícia Nacional são acusados de vários crimes pelo ministério público em Cabo Verde. São crimes de roubo, sequestro ou tráfico de menores. O Procurador-geral da República, já requereu o julgamento dos dois arguídos, um deles acusado de roubo e violência, está proíbido de sair do país, enquanto o segundo é acusado de crima de armas. 

Publicidade

O ministério público de Cabo Verde, acusou dois agentes da Polícia Nacional de vários crimes, incluindo roubo, sequestro, tráfico de menores, crime de armas, passagem de moeda falsa e lavagem de capitais.

Assim, segundo o Procurador-geral da República, Óscar Tavares, o ministério público já requereu o julgamento dos dois arguidos, em declarações à Rádio de Cabo Verde.

A Procuradoria-geral da República, adiantou em comunicado, que os dois agentes da Polícia Nacional são de sexo masculino, com idades compreendidas entre 34 e 36 anos.

O arguido de 34 anos, que se encontra sujeito às medidas de coação de interdição de saída do país e de termo de identidade e residência, foi imputado a prática de um crime de roubo com violência sobre pessoas, quatro crimes de sequestro, um crime de armas, um crime de tráfico de menor agravado, um crime de condução sem habilitação legal e um crime de lavagem de capitais.

O segundo arguido, de 36 anos, é acusado da prática de um crime de armas e um crime de passagem de moeda falsa. 

De Cabo Verde, o nosso correspondente, Odair Santos. 

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.