Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde Airlines proibida de voar para Itália

Avião da TACV.
Avião da TACV.
Texto por: RFI
4 min

A companhia aérea cabo-verdiana (TACV -Cabo Verde Airlines) foi proibida de voar para Itália. A companhia recorre e pede revogação de decisão.

Publicidade

A Companhia aérea Cabo Verde Airlines foi proibida de voar para Itália a partir desta sexta-feira, por causa dos cancelamentos de voos nos últimos dias.

Em comunicado entidade reguladora da aviação civil italiana justificou a decisão de revogar a autorização da Cabo Verde Airlines para voar para Itália com base nos numerosos cancelamentos dos voos da companhia que causaram desconforto a centenas de passageiros com voos regulares para Cabo Verde.

A proibição da Cabo Verde Airlines de voar para Itália, vai ter impacto negativo nas agências de viagens e no turismo no país, afirma Edino Évora, da agência de viagem Verdemundo - "é uma situação em que tem ou terá algum impacto para o tráfego que vem da Itália e para Cabo Verde. É uma situação desagradável quer para a TACV e para a imagem do país".

Cabo Verde Airlines já apresentou recurso da revogação da autorização de voar para Itália decretada pela entidade reguladora da aviação civil italiana e em comunicado afirma que já estava prevista a retomada do voo para Milão a partir de desta sexta-feira com o B767.

No mesmo comunicado, a Cabo Verde Airlines informa que já assegurou a protecção de cerca de 75% dos passageiros retidos em Milão e que acredita que conseguirá a reactivação da autorização de voo para Milão como nos conta o nosso correspondente em Cabo Verde, Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde, Odair Santos

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.