Cabo Verde

PAICV pede mais organização ao executivo

Sede do PAICV na cidade da Praia (imagem de arquivo)
Sede do PAICV na cidade da Praia (imagem de arquivo) RFI/NeidyRibeiro

O Conselho Nacional do PAICV, principal partido de oposição em Cabo Verde, considera de grave o desentendimento no seio do partido que levou à viabilização da proposta do Governo sobre a regionalização.

Publicidade

O Conselho Nacional do PAICV considera de "grave"o desentendimento no seio do partido que levou à viabilização da proposta do Governo sobre a regionalização - está é uma das conclusões da reunião do Conselho Nacional da maior força política da oposição em Cabo Verde.

“O Conselho Nacional analisou os últimos incidentes no seio do seu grupo parlamentar e considerou grave algum desentendimento que levou à viabilização de uma iniciativa estruturante que, por sua vez, exigia negociação, entendimento e construção de consensos”, reconheceu Francisco Pereira, porta-voz da reunião do Conselho Nacional do PAICV.

O Conselho Nacional do PAICV recomenda que o maior partido da oposição se organize melhor em 2019 para dar respostas as exigências do ano pré-eleitoral.

Para além da vida interna do partido, a situação política nacional e o projecto de Lei de Revisão Constitucional estão, também, a ser analisados no Conselho Nacional do PAICV , órgão máximo do partido entre dois congressos que decorre desde ontem na município de Ribeira Grande de Santiago.

Correspondência de Odaír Santos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI