Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Santo Antão no “pelotão da frente” do turismo rural

Interior de ilha de Santo Antão.
Interior de ilha de Santo Antão. RFI/Miguel Martins
Texto por: RFI
3 min

O governo cabo-verdiano considera que Santo Antão está no “pelotão da frente” em matéria de promoção do turismo rural. A prová-lo estão os números do Instituto Nacional de Estatísticas que indicam que Santo Antão recebeu 14.486 visitantes no primeiro trimestre deste ano.

Publicidade

Santo Antão, a segunda maior ilha do país e a mais montanhosa do arquipélago, é um dos destinos turísticos que mais tem crescido nos últimos tempos, tendo registado um acréscimo de 64% entre primeiro trimestre de 2018 e o primeiro trimestre de 2019. "Os números colocam Santo Antão num lugar privilegiado do turismo rural sustentado", afirma o ministro do Turismo e Transportes.

Em declarações de José Gonçalves foram feitas à margem do seminário Internacional sobre Turismo Sustentável - Desenvolvimento, Turismo e Sustentabilidade em Destinos Emergentes que decorreu até ontem, na cidade do Porto Novo.

O Governo considera que Santo Antão está no “pelotão da frente” em matéria de promoção do turismo rural em Cabo Verde.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) indicam que Santo Antão, no primeiro trimestre de 2018, recebeu 8.974 turistas, tendo recebido, no período homólogo deste ano, 14.486 visitantes.

Na ilha está em curso o projecto Raízes (Redes locais para o turismo sustentável e inclusivo) co-financiado pela União Europeia em cerca de 55 mil contos.

Correspondência de Odaír Santos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.