Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde/Ligações Aéreas

Cabo Verde retoma ligações aéreas domésticas com todas as ilhas

Aeroporto Amílcar Cabral - Ilha do Sal - Cabo Verde, reaberto a voos domésticos a partir de 15 de Julho com imposição para ida e regresso de teste negativo à Covid-19, tal como sucede com a ilha de Santiago.
Aeroporto Amílcar Cabral - Ilha do Sal - Cabo Verde, reaberto a voos domésticos a partir de 15 de Julho com imposição para ida e regresso de teste negativo à Covid-19, tal como sucede com a ilha de Santiago. © Wikipedia.org
4 min

As ligações aéreas domésticas, suspensas desde 29 de Março, devido à pandemia de Covid-19, foram retomadas como previsto esta quarta-feira, 15 de Julho, mas os voos de e para as ilhas de Santiago e Sal ficam sujeitos a testes negativos à Covid-19.

Publicidade

No primeiro dia do regresso dos voos comerciais regulares entre as ilhas de Cabo Verde, a 15 de Julho, a Transportes Interilhas de Cabo Verde (ex-Binter Cabo Verde) realizou voos entre as ilhas de Santiago, Sal, São Vicente e São Nicolau.

Nas primeiras horas do dia, a directora comercial da TICV, Marina Ferreira avançou à imprensa no aeroporto da cidade da Praia, que os primeiros voos estavam com uma boa ocupação.

“Os voos para ilha do Sal e de regresso para a cidade da Praia tem uma boa taxa de ocupação, o que para os primeiros dias é normal. Para os próximos dias, como ainda não há voos internacionais a taxa de ocupação pode ser mais baixa, mas esperamos que os vooos internacionais recomeçem em breve e assim voltaremos a normalidade” explicou a directora comercial da TICV, Marina Ferreira.

Com a retoma das ligações aéreas e marítimas entre todas as ilhas, os passageiros com  viagem a partir  das ilhas de Santiago e do Sal são obrigados a  apresentar testes rápidos de covid-19 com resultados negativos relativos às últimas 72 horas.

Uma exigência que aumentou o ajuntamento de pessoas nas delegacias de Saúde da cidade da Praia e na Ilha do Sal.

Na manhã desta quarta-feira (15/07) o primeiro ministro, Ulisses Correia e Silva explicou que, para evitar aglomerações de pessoas nas delegacias de saúde haverá outros pontos de realização dos testes.

Com mais pontos de atendimento isto vai normalizar. É isto que está em trabalho. E seguramente vai acontecer” assegurou o chefe do governo, ao ser confrontado pelos jornalistas sobre  as aglomerações de pessoas nas delegacias de Saúde, para realizar testes rápidos de covid-19.

Com a retoma das ligações aéreas e marítimas entre todas as ilhas do arquipélago, muitas pessoas aproveitam para regressar a casa.

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde, acompanha o caso.

Correspondência de Cabo Verde, 15/7/2020

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.