Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde vai repatriar cidadãos retidos na Gâmbia e no Senegal

Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde, quer melhorias no sector da saúde
Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde, quer melhorias no sector da saúde RFI/NeidyRibeiro
Texto por: RFI
4 min

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, afirmou que o seu executivo vai repatriar cidadãos retidos na Gâmbia e no Senegal. O voo de regresso deve ser realizado no início da próxima semana.

Publicidade

O anúncio do chefe do executivo surge na sequência de notícias que relatam a falta de condições  dos trabalhadores cabo-verdianos que operam no sector marítimo na Gâmbia. Os marinheiros afirmaram à imprensa que estão retidos em Banjul, há cinco meses, e que estão a viver momentos de privação, por falta de alimentos e recursos financeiros.

Questionado pela imprensa sobre esta situação, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, garantiu que o executivo vai repatriar os cabo-verdianos retidos na Gâmbia.

“Nós estamos a trabalhar numa solução de repatriamento. Temos os marinheiros retido em Banjul, Gâmbia, mas temos outros cabo-verdianos que estão no Senegal. Queremos fazer um voo de repatriamento para permitir o regresso a Cabo Verde à semelhança do que já tínhamos feito antes”, disse.

Embaixada de Cabo Verde no Senegal já anunciou, em comunicado, a abertura de inscrições para voos de repatriamento de cabo-verdianos e de estrangeiros com residência em Cabo Verde. A viagem vai ser realizada o início da próxima semana.

Também, devido à pandemia da Covid-19, o governo já admitiu a possibilidade de repatriar os estudantes cabo-verdianos no Brasil.Neste momento, as autoridades cabo-verdianas estão a negociar com o governo brasileiro e com as companhias aéreas a melhor forma para fazer regressar os universitários que estão no Brasil. Até a data, o governo já organizou 14 voos de repatriamento e cerca de mil nacionais já regressaram a casa.

Texto de Odaír Santos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.