Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde reabre fronteiras na segunda-feira

Aeroporto Amílcar Cabral - Ilha do Sal, Cabo Verde.
Aeroporto Amílcar Cabral - Ilha do Sal, Cabo Verde. © ASA - Aeroportos e Segurança Aérea - Cabo Verde
Texto por: RFI
3 min

Cabo Verde vai retomar os voos comerciais internacionais, a partir das zero horas de segunda-feira. Os visitantes e turistas ficam obrigados a apresentar um resultado negativo do teste PCR à Covid-19, antes de embarcar para o arquipélago. 

Publicidade

Cabo Verde vai retomar os voos comerciais internacionais, a partir das zero horas de segunda-feira, indicou o ministro do Turismo e dos Transportes, Carlos Santos. 

"Foi aprovada a resolução que autoriza, com efeitos a partir das zero horas do dia 12 de Outubro de 2020,  o tráfego comercial aéreo e marítimo de passageiros com destino e a partir de Cabo Verde. Igualmente operações de escala técnica e de abastecimento de aeronaves nos aeroportos nacionais, que possam envolver descanso das tripulações e passageiros, bem como a acostagem de navio de recreio, veleiros e carregueiros", explicou. 

O governante reconheceu que chegou o momento de abrir as fronteiras, respeitando todas as medidas sanitárias para evitar a propagação da doença no arquipélago. Os visitantes e turistas ficam, por isso, obrigados a apresentar um resultado negativo do teste PCR à covid-19, antes do embarque para o arquipélago. 

A decisão das autoridades acontece cerca de sete meses após o encerramento das ligações aéreas com países sinalizados com o novo coronavírus, período durante a qual medidas legislativas, sanitárias e administrativas foram implementadas para a prevenção da pandemia.

Cabo Verde regista actualmente 6809 infecções e 73 óbitos resultantes da Covid-19. 

 

Com a colaboração de Odaír Santos. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.