Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Banco Mundial dá 5 milhões de dólares a Cabo Verde para financiar vacinas

Olavo Correia, vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde
Olavo Correia, vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde governo.cv/index.php/elenco-governamental
Texto por: Odair Santos
3 min

Banco Mundial concedeu um crédito de 5 milhões de dólares a Cabo Verde para financiar programa de vacinação contra a Covid-19.

Publicidade

O vice-primeiro-ministro, Olavo Correia anunciou que Cabo Verde conseguiu através do Banco Mundial, 5 milhões de dólares (cerca de 4,18 milhões de euros) para financiar o  programa de vacinação contra a Covid-19.

“Ainda ontem tivemos a informação, o Banco Mundial, já acordamos 5 milhões de dólares americanos para o programa de vacinação para todos os cabo-verdianos. Este montante não estava inscrito no orçamento porque não havia acordos, agora vamos ter de corrigir. E estamos a analisar a possibilidade de conseguir mais 15 milhões de dólares americanos a nível de um programa sub-regional da CEDEAO de modo a totalizar 20 milhões de dólares americanos para garantir a vacinação a todos os cabo-verdianos. E quando esse acordo for firmado eu não hesitarei um único minuto para alterar as previsões”, explicou o vice-primeiro-ministro. 

Olavo Correia que é  também ministro das Finanças fez este anúncio quando respondia a um deputado da oposição no parlamento   durante o debate sobre o Orçamento de Estado para 2021  que foi aprovado na noite de ontem na generalidade.

Cabo Verde tinha até quinta-feira um acumulado de 10.570 casos positivos desde 19 de Março, 105 óbitos e 9.956 casos considerados recuperados da doença. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.