Cabo Verde

Câmara de Turismo de Cabo Verde prevê viragem no turismo no país em 2021

Aeroporto Amílcar Cabral. Ilha do Sal. Cabo Verde.
Aeroporto Amílcar Cabral. Ilha do Sal. Cabo Verde. © Wikipedia.org

A Câmara de Turismo de Cabo Verde prevê que este ano vai ser de retoma nos sectores económicos e turísticos no país, mas nos primeiros seis meses o crescimento deve ser lento.

Publicidade

O secretário-geral da Câmara de Turismo de Cabo Verde, Humberto Lélis, afirmou, em entrevista à televisão pública cabo-verdiana, que o país está agora melhor preparado para a recepção de turistas, tendo em conta o aumento de eficiência nas áreas da saúde e da segurança verificado durante a crise da covid-19.

«Há assinalar os avanços importantes nos domínios dos cuidados da saúde em todo o país, sobretudo nas ilhas mais turísticas que são Sal e Boa Vista(…) Estamos a crer que certamente nós não vamos ter nos primeiros seis meses ter um crescimento em V (retoma intensa depois de uma queda vertiginosa na atividade económica), mas penso que 2021 será o ano da retoma económica. Será uma retoma paulatina, mas, certamente que será um período de viragem em relação à crise que vivemos», disse secretário-geral da Câmara de Turismo de Cabo Verde, Humberto Lélis, à televisão pública cabo-verdiana.

Cerca de quinhentos turistas entraram no Ano Novo no Sal, a ilha mais turística de Cabo Verde. Um número muito inferior ao registado no ano passado, devido à crise provocada pela covid-19. Em 2020, foram cerca de 12 mil turistas que estavam no Sal nos primeiros dias do ano.

Correspondência de Cabo Verde 03-01-2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI