Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Jorge Carlos Fonseca visita Guiné-Bissau de 18 e 20 de Janeiro

Jorge Carlos Fonseca, Presidente de Cabo Verde.
Jorge Carlos Fonseca, Presidente de Cabo Verde. ZACHARIAS ABUBEKER / AFP
Texto por: Odair Santos
4 min

O Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, anunciou que vai visitar a Guiné-Bissau de 18 a 20 de Janeiro, para reforçar e relançar as relações entre os dois países.

Publicidade

O anúncio foi feito pelo próprio chefe de Estado à margem da apresentação pública do oitavo volume da obra “Magistratura de Influência

Esta será primeira deslocação de Jorge Carlos Fonseca à Guiné-Bissau desde a chegada ao poder de Umaro Sissoco Embaló, que já tinha convidado sem sucesso o seu homólogo para a sua tomada de posse, no início do ano passado.

"A visita a Guiné-Bissau, em princípio, será uma visita de estado, nos dias 18, 19 e 20 de Janeiro (…) relançamento das relações entre Cabo Verde e Guiné-Bissau. São países que têm laços históricos de cultura e muitas cumplicidades e poderá ser um momento importante para relançar, reforçar, aproximar cada vez mais os dois povos” disse Jorge Carlos Fonseca.

Jorge Carlos Fonseca sobre visita à Guiné-Bissau

O chefe de Estado falava aos jornalistas momentos antes da apresentação, na cidade da Praia, da obra Magistratura de Influência, (A Cultura, as Pessoas, a Diplomacia, a Ambição de uma Democracia Avançada), que compila todas as mensagens e discursos do Presidente da República cabo-verdiano de Setembro de 2018 a Outubro de 2019.

Jorge Carlos Fonseca também se mostrou “surpreendido” com a violência e invasão do Capitólio, em Washington, Estados Unidos da América, na quarta-feira, pelos apoiantes de Donald Trump. Todavia, o chefe de Estado de Cabo Verde considera que os valores e princípios democráticos “triunfarão sempre”.

Limito-me a olhar as imagens e ouvir as notícias, fiquei e fico surpreendido um pouco por ter acontecido num país como os Estados Unidos da América, mas acredito que, sendo um país com uma tradição democrática forte, com instituições sedimentadas, será um incidente ou acidente de percurso, e que as instituições democráticas e os valores e princípios democráticos triunfarão sempre”, disse Jorge Carlos Fonseca.

Jorge Carlos Fonseca sobre invasão do Capitólio

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.