#Cabo Verde

Cabo Verde volta ao estado de calamidade

Cidade da Praia, Ilha de Santiago, Cabo Verde. 16 de Abril de 2021.
Cidade da Praia, Ilha de Santiago, Cabo Verde. 16 de Abril de 2021. © Carina Branco/RFI

O Governo cabo-verdiano voltou a decretar o estado de calamidade por 30 dias, com medidas que limitam as actividades com aglomerações de pessoas. O ministro da Administração Interna explicou que a medida pretende reverter o quadro epidemiológico registado nas últimas semanas. 

Publicidade

O executivo cabo-verdiano voltou a decretar, esta sexta-feira, o estado de calamidade por 30 dias, em todas as ilhas, menos na Brava, face ao “aumento considerável” do número de novos casos de covid-19. 

O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, explicou que a medida pretende reverter o quadro epidemiológico registado nos últimos dias.

“A evolução da situação epidemiológica, particularmente nos últimos dias, evidencia um aumento considerável do número de casos diários de Covid-19 e impõe-se a adopção de medidas de prevenção e contenção que nos permitam  reverter este quadro epidemiológico”, explicou. 

Paulo Rocha rejeitou a ideia de que a campanha para as eleições legislativas tenha sido a única justificação para o aumento de casos de covid-19 no país, mas reconheceu que houve excessos e um certo relaxamento nesse período.

Esta quinta-feira, Cabo Verde registou 373 novos infectados de Covid-19, elevando para 23.554 os casos positivos. Desde o início da pandemia, 213 pessoas já perderam a vida.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI