Cabo Verde

Cabo Verde ignora pressões exteriores no caso Alex Saab

Tribunal da Relação em Cabo Verde.
Tribunal da Relação em Cabo Verde. © Odair Santos

O Procurador Geral da República afirma que Cabo Verde não cede a pressões do exterior no caso Alex Saab.

Publicidade

A reacção de Luís José Landim surge na sequência de uma carta que a defesa do alegado testa de ferro de Nicolás Maduro enviou a Joe Biden, exortando o Presidente dos Estados Unidos da América “a encorajar e predominar sobre as autoridades de Cabo Verde, para que obedeçam à sentença do tribunal [da CEDEAO] e libertem imediatamente Alex Saab”.

O Procurador Geral da República, Luís José Landim, disse que o processo corre os trâmites normais nos tribunais e que já perdeu as contas das cartas a pressionar as autoridades sobre o caso Alex Saab.

Eu não sei quantas cartas já houve até agora a pressionar as autoridades, nem sequer são autoridades competentes para o caso Alex Saab. As pessoas sabem que esse processo corre nos tribunais e a intervenção é dos advogados, do ministério público, e dos juízes. O processo está no Tribunal Constitucional e houve um recurso de clarificação de constitucionalidade. Estamos à espera da decisão e a decisão do Constitucional que será cumprida”, disse o Procurador Geral da República, Luís José Landim.

A decisão final do Tribunal Constitucional ao recurso da defesa de Alex Saab contra a extradição pedida pelos Estados Unidos da América deve ser tomada antes do final de Junho.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Odair Santos.

Correspondência de Odair Santos 05-06-2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI