Cabo Verde/Economia

Governo vai nacionalizar Cabo Verde Airlines para voltar a privatizar

O  Primeiro-ministro de Cabo  Verde , Ulisses Correia e Silva,afirmou  no dia 20  de Junho de 2021 que o Estado vai  nacionalizar  a Cabo Verde Airlines, de forma  a preparar uma nova prfivtaização.
O Primeiro-ministro de Cabo Verde , Ulisses Correia e Silva,afirmou no dia 20 de Junho de 2021 que o Estado vai nacionalizar a Cabo Verde Airlines, de forma a preparar uma nova prfivtaização. LUSA - FERNANDO DE PINA

Depois de  uma avaliação do futuro  da companhia aérea nacional, as autoridades  da Praia decidiram optar por uma nacionalização da Cabo Verde Airlines. A decisão foi tomada pelo executivo cabo verdiano, pereate o incumprimento dos acordos pela Lofleidir icelandic, que geria Cabo Verde Airlines.

Publicidade

O Estado prepara-se para assumir na totalidade a gestão da Cabo Verde Airlines, garantiu o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Numa entrevista ao Jornal de Domingo,da televisão pública cabo-verdiana, Ulisses Correia e Silva explicou que a reversão dos 51 por cento de capital da Cabo Verde Airlines a favor do Estado vai acontecer devido ao incumprimento de acordos pela Lofleidir Icelandic ,do grupo islandês Icelandair.

Segundo Ulisses Correia e Silva, com a nacionalização da Cabo Verde Airlines, a companhia vai ser preparada para uma nova privatização.

O chefe do  Governo de Cabo Verde, deixou claro que a empresa tem que voltar a fazer voos com sustentabilidade, numa referência a tentativa falhada de retoma das operações no  dia 18 de Junho de 2021, quando o voo foi cancelado após um diferendo com a empresa estatal ASA, que gere os aeroportos e o espaço aéreo nacional, que não autorizou a partida.

 Ouça  aqui acorrespondência de Odair Santos:

Correspondência de Odair Santos do dia 21 de Junho de 2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI