Covid-19/ Cabo Verde

Covid-19. Governo alemão retira Cabo Verde das ‘áreas de alta incidência’

Praia, Cabo Verde. 15 de Abril de 2021.
Praia, Cabo Verde. 15 de Abril de 2021. © Carina Branco/RFI

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva considera uma boa notícia a decisão do governo alemão de ter baixado a classificação de Covid-19 em Cabo Verde, deixando o país de ser uma área de alta incidência e passando a risco básico.

Publicidade

A decisão foi comunicada aos empresários num encontro na ilha do Sal pelo chefe do governo, Ulisses Correia e Silva.

O governo alemão acaba por decidir retirar Cabo Verde da classificação de alto risco o que permite que turistas alemães possam vir a Cabo Verde sem necessidade de quarentena, apenas com teste antigénio. Isto é de tal forma significativo porque abre também possibilidade de outros países verem com outros olhos aquilo que estamos a fazer aqui em Cabo Verde, uma boa gestão da pandemia, um processo de vacinação que pode conduzir a uma maior abertura da nossa economia, brevemente”, disse o primeiro-ministro cabo-verdiano.

Ulisses Correia e Silva disse ainda que a decisão do governo alemão vai permitir reforçar a intenção do grupo Tui em organizar melhor e responder ao grande volume de pessoas, especialmente turistas alemães que querem viajar para Cabo Verde. E, de acordo com a direcção nacional da Saúde, “tem havido uma tendência para melhoria da situação epidemiológica no país” com a taxa de incidência acumulada de Covid-19 a baixar nos últimos 14 dias de 224 para 159 casos por 100 mil habitantes.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI